Saiba quais as linguagens de programação que vão bombar em 2017!

Com um mercado aquecido e mais de 50 mil postos de trabalho aberto, a programação de sites e games pode ser a grande pedida para 2017. Conheça as linguagens mais desejadas pelo mercado e como começar – desde muito cedo – a se preparar para essa nova realidade.

Vivemos uma verdadeira revolução no modo de lidar com o mundo online – da primeira geração que joga videogame com os pais, vamos passar para a primeira geração que cria games com os pais. Programação está a um ponto de se tornar matéria escolar – na Austrália e no Reino Unido, já é – e as crianças estão se interessando cada vez mais pelo mundo virtual. Pensando nisso, Guto Ramos, Felipe Paiva e Omar Pavel fundaram a Let’s Codem Academy, que hoje ensina programação para crianças a partir de 6 anos, jovens de até 17 e que tem cursos de aperfeiçoamento para quem já trabalha no ramo. Mas, e para 2017, o que o mercado espera? Segundo Omar Pavel, especialista em programação mobile, que já desenvolveu dezenas de aplicativos para iOS, Android, Windows Phone, além de MAC, Windows e Web, e um dos programadores mais experientes do Brasil em desenvolvimento mobile, o mercado estará ainda mais aquecido e a grande pedida será aprender a programar para mobile.

Segundo Omar, não é fácil apontar as linguagens preferidas pelo mercado: “existem aquelas que têm mais demanda, mas também mais oferta, e que portanto não pagam tão bem, e outras mais raras, mas para as quais existem poucos profissionais, que portanto são bem remunerados”, explica. Do ponto de vista de um programador, segundo ele, provavelmente as mais valiosas são as que são usadas para programação de aplicativos para celular: Java, Swift/Obj-C, mas também o necessário para fazer aplicativos híbridos, como Javascript. “No mercado, hoje, as linguagens mais usadas, sobretudo no Brasil, são Java, C#, C/C++ e PHP, o que pode ser um bom termômetro”, revela Omar.

Ele também enfatiza que o ideal, para quem está atuando, é conhecer várias linguagens de programação, e muito bem. “Mas, para quem está começando, diria que é melhor se especializar em uma”, completa. Para as crianças que desejam entrar nesse mundo da programação, a Let’s Code Academy criou um método que introduz o conhecimento de forma lúdica, usando uma linguagem baseada em blocos, fazendo jogos e pequenos puzzles para que o aprendizado fique mais divertido. Depois dessa introdução, quando já é possível perceber se a criança quer ou não continuar nesse caminho, aí Omar indica uma especialização: “pode ser com iOS, Android, Web ou Jogos 3D (Unity)”, revela.

Guto Ramos, Felipe Paiva e Omar Pavel sabiam onde estavam investindo: o mercado de programação é um dos que mais cresce no mundo todo, só no Brasil, emprega, hoje, mais de 1,3 milhão de pessoas e, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, 50 mil postos de trabalho estão esperando por um profissional qualificado. “Nós sabemos que é preciso oferecer formação adequada, para que a próxima geração domine o mundo digital”, explica Guto. Com o objetivo de trazer as crianças e jovens para o mundo da tecnologia, a Let’s Code Academy criou um método inovador próprio de ensino de programação, criação de jogos e Apps, que ensina de uma forma rápida, simples, objetiva e divertida.

 

Sobre a Let’s Code Academy

A Let’s Code Academy é uma startup de ensino de programação para crianças, jovens e adultos. Com método próprio e inovador, a escola ensina de forma divertida e completa, com linguagem nativa e módulos específicos para quem nunca programou até especialização em games e Apps . Aprender programação desenvolve o raciocínio lógico, ajuda a resolver problemas e, no caso das crianças, pode ser útil inclusive para matérias escolares, como a matemática. A Let’s Code Academy tem 3 Salas de Aula Digitais, com capacidade para 12 alunos cada, espaço Digital Lab, reservado para o aperfeiçoamento do conteúdo ensinado e reposição de aulas e o Café, um local com mesas e cadeiras no qual os pais podem permanecer e observar as aulas dos filhos. A escola oferece Wi-Fi Livre para alunos e visitantes e monitoramento através de câmeras HD para que os pais fiquem tranquilos.

 

Let’s Code Academy

Endereço: Rua Gumercindo Saraiva, 2 – Jardim Europa

 

Saiba mais:

Let’s Code Academy | +55 11 2609-3807 | www.letscode-academy.com | contato@letscode-academy.com