Os países mais bem-sucedidos em tecnologia de ponta

O mundo High Tech é um motor importante na economia e no desenvolvimento de qualquer companhia e até mesmo de países inteiros.

O ritmo rápido e o alcance global do sector da alta tecnologia exigem nas empresas a realização de investimentos para se expandir globalmente. Por cerca de duas décadas, o mundo High Tech (ou high-technology) ganhou muito terreno. A tal ponto que hoje é um motor importante na economia e no desenvolvimento de qualquer companhia e até mesmo de países inteiros.

A indústria de alta tecnologia possui um dinamismo inovador verdadeiramente excepcional e sua aceleração é tão grande que alguns chamam de “a reinvenção de algumas civilizações” (especialmente a americana).

Quem investe mais?


Os Estados Unidos continuam sendo o maior mercado de alta tecnologia para o mundo e o alvo favorito de muitos dos seus investidores são, justamente, empresas High Tech que atualmente estão com o dobro no nível de rendimentos. Uma das suas maiores vantagens é ser a residência oficial de Silicon Valley, a casa das empresas de sucesso no mundo da tecnologia como Google, Apple, Microsoft, Dell, AMD, etc.

China em breve ultrapassará a capacidade dos EUA para desenvolver ciência e tecnologia. Thomas M. Hout e Pankaj Ghemawat disseram há um tempo atrás que: “De forma despercebida pelo mundo exterior, a China passou, ao longo dos últimos quatro anos, a uma nova fase de desenvolvimento… evoluindo de uma economia bem-sucedida de média e baixa tecnologia, a outra de alta tecnologia bem-sucedida”.

Além disso, para Carlos Slim, um dos empresários mais conhecidos no México, Estados Unidos corre o risco de perder sua posição de liderança no mundo por causa de outros países que se movem mais rapidamente, como no caso de Israel. Dias atrás Intel adquiriu Mobileye, uma conhecida empresa de Jerusalém especializada em software para carros, por 14.700 milhões de dólares para dar um claro passo estratégico no setor automobilístico. É a maior aquisição da indústria de tecnologia em Israel até agora.

Japão é considerado como um dos países com maiores avanços tecnológicos, pois quase diariamente, inventam algo novo, tecnológico e científico.

Poucos sabem, mas muito do que o mundo consome em matéria de software, se originou na Índia. O pais tem demonstrado um grande conhecimento tecnológico e até mesmo, tem introduzido em suas universidades a aprendizagem em “ciência e tecnologia”.

O Reino Unido lidera vários rankings mundiais, especialmente na produção de artigos científicos, embora um fato curioso seja sua liderança nos jogos de azar que trazem sorte. A reputação mundialmente conhecida de UK aborda muitas indústrias tais como: automobilística, biotecnologia, indústria química, electrónica, telecomunicações, entre outras. Além de tudo isso, o Reino Unido está na vanguarda em relação com as tecnologias de serviços financeiros, conhecidas como “fintech“.

Características da alta tecnologia

– Para ser considerada como tal deve atender algumas propriedades:
– Ser avançada. Envolvendo uma inovação em relação às tecnologias existentes.
– Deve sobressair, embora não seja necessário ser a melhor.
– Será difícil encontrar tecnologia que seja econômica.
– Atualmente, a elaboração de tecnologias de ponta tem como objetivo a economia de recursos e o menor uso de componentes contaminantes.
– Quando está disponível para consumo no mercado, geralmente em os laboratórios já começam a experimentar a tecnologia seguinte.

Via Administradores.com