Na era da Uber, aluguel de carros entra em queda nos EUA

No começo da era automóvel dos EUA, um homem do Nebraska, chamado Joe Saunders, teve uma ideia louca: alugar o seu Modelo T da Ford para vendedores.

Hoje, 101 anos depois, os seus herdeiros simbólicos ( Saunders vendeu a empresa a um homem de Chicago chamado Hertz), enfrentam uma pergunta existencial: será que o setor de alugueis de carros dos EUA conseguirá prosperar na era da Uber Technologies, da Lyft, e algum dia, dos veículos autônomos?

A resposta, por enquanto, não é boa. A Hertz Global Holdings acumula prejuízos e a Avis Budget Group acaba de reduzir a sua projeção de lucros. Os investidores já pagaram um preço alto. Os problemas com as frotas para aluguel são um dos motivos. Nos últimos anos, a Hertz comprou mais carros do que precisava e tem tido dificuldade em vendê-los a preços decentes.

Veja matéria completa aqui por Jornal de Negócios.