Microssatélites ganham propulsão a água

Propulsão para microssatélites

Os microssatélites e nanossatélites – ou cubesats -, muito menores do que os veículos espaciais convencionais, estão-se tornando cada vez mais prevalentes graças à sua capacidade de fazer ciência a um custo muito baixo.

Milhares desses satélites em miniatura estão sendo projetados para realizar uma variedade de tarefas, desde imagens de alta resolução e serviços de internet, até a resposta a desastres, monitoramento ambiental e vigilância.

Mas ainda falta um detalhe para que esses microssatélites atinjam todo o seu potencial: um sistema de micropropulsão que consiga fornecer “bits de impulso” precisos e com uma quantidade mínima de combustível, fazendo com que os nanossatélites consigam se posicionar para observar alvos definidos e programados.

Um sistema de propulsão próprio também permitirá que os cubesats deixem de ser objetos passivos e fadados a reentrar na atmosfera em poucas semanas.

Veja matéria completa aqui por Inovação Tecnológica