Marketing Digital como Ferramenta para Alavancar Negócios de Restaurantes – Por Caroline Gargantini*

Com custo baixo e planejamento adequado é possível comunicar o negócio e inovar.

Em tempos de internet, ninguém pode ficar de fora! Se você tem um estabelecimento que comercializa alimentos e bebidas (A&B), não deixe de praticar inovação. Neste sentido, as ferramentas do marketing digital podem contribuir para alavancar seu negócio, e um planejamento adequado pode ser a chave da questão

O crescimento da internet e seu impacto em nosso dia a dia trouxeram para os empreendedores oportunidades para alavancar negócios e serviços de todos os tipos. Até bem pouco tempo era muito difícil, ou caro, criar do zero uma marca que em pouco tempo ficasse conhecida e transmitisse toda a credibilidade necessária para uma venda. Com o marketing tradicional, era preciso comprar anúncios em revistas, jornais, rádios e TV.

Atualmente, a internet permite formas mais inteligentes e lucrativas de atrair e guiar o seu potencial cliente até o momento da compra, e o mais importante: exige menos dinheiro do que os meios tradicionais. Para dar resultado, o marketing digital exige bastante trabalho, disciplina e esforço. No entanto, também permite que, com um investimento financeiro baixo, você consiga construir um canal de vendas.

Classificamos de Marketing Digital como o marketing trabalhado por meios das ferramentas digitais. É um conjunto de ações estratégicas associadas e aplicadas nos meios digitais (internet e tecnologias móveis) com a finalidade de conquistar e fidelizar clientes, além de aumentar a participação da empresa no mercado. O marketing digital é a extensão do próprio marketing, a diferença são os meios utilizados, ja que envolve todos os aparelhos conectados a internet.

Há várias formas de “espalhar sua mensagem” na rede, mas para isso é necessário que o empresário saiba: quem é seu público alvo, onde ele está, quais ferramentas ele usa, e assim por diante. Conhecer o seu negócio e o seu cliente são armas essenciais para que o planejamento e a realização do marketing digital sejam assertivos.

A entrega da mensagem certa, para a pessoa certa e no momento

Conhecer o seu negócio, suas principais forças, seus pontos fortes é uma parte. A outra parte é conhecer seu cliente: quem é, onde está, quais redes sociais usa e assim por diante. Quanto mais você souber sobre seu negócio e seu cliente, mais fácil será traçar uma estratégia para atingir seu público-alvo. Por exemplo, se seu negócio faz entregas de comidas prontas (ex. pizzarias), poderá ser interessante fazer parte de sites ou aplicativos que reúnam várias outras empresas como a sua. Pois muitos usuários procuram essa forma de comidas prontas para entrega imediata.

Planejamento adequado da campanha evita prejuizos para a imagem e para a marca
São diversas formas de atingir seus clientes. Se possível, o ideal é contratar uma empresa especializada nessa área e escutar as diversas estratégias que podem ser executadas. Há várias maneiras e essas ferramentas que tanto podem ajudar como queimar seu negócio. Tudo precisa ser muito bem estudada, pois uma campanha pode alavancar tantos clientes que a empresa não conseguirá atendê-los, neste caso os clientes sairão insatisfeitos e isso pode gerar uma imagem negativa do estabelecimento.

             “Sou independente na decisão, tenho tudo na palma da mão”

Mídias sociais como, Facebook, Instagran, Linkedin, Whatsapp, Emkt, e-news, ações no site, tudo chega ao mesmo tempo via celular, na palma da mão. Tornar essas ferramentas eficazes, considerando a velocidade com que o consumidor recebe as informações via celular é o desafio.

Planejamento é a palavra chave. Não é aconselhável bombardear os consumidores com informações em todos os lugares ao mesmo tempo. De fato, todas essas ferramentas são eficazes, mas têm sua hora e forma de utilização. A escolha de como e quando usar deverá ser discutida com um consultor experiente e com a diretoria, alinhando os objetivos da empresa com as metas a serem alcançadas.

Funil de Vendas

O funil de vendas é um processo que consiste em conduzir ou acompanhar o seu cliente a partir do momento em que ele toma conhecimento de uma solução vendida pela sua empresa até o fechamento do negócio. Trata-se de um modelo estratégico que mostra cada etapa seguida pelo consumidor até fechar a compra.

Como esta ferramenta pode atingir um consumidor que busca qualidade de vida, pela alimentação, por exemplo?

Cada empresa devera explorar seus pontos fortes, e o consumidor toma a decisão final. Porem para ajuda-lo nessa questão é importante que seu mkt tenha informações sobre o que a alimentação pode fazer para sua saúde. Por exemplo, no Facebook, pode-se colocar algumas dicas sobre os alimentos que sua empresa vende em relação à qualidade de vida (saúde). Munir o consumidor de informações é uma estratégia para a conversão.

Eu entro na internet para vender ou para consquistar?

O marketing digital é a ferramenta mais barata para alavancar suas vendas e tornar sua marca conhecida. Porém há muitas e muitas empresas que vendem a mesma coisa. O ideal é ter um diferencial e explorá-lo. Dizer o porquê os consumidores devem te conhecer, mostrar seu diferencial, fotos dos pratos, textos explicativos dizendo os benefícios daquele alimento, podem fazer com que seus potenciais clientes queiram te conhecer. E aí, é fundamental que os colaboradores estejam capacitados para recebê-los e fidelizá-los.

Caroline Gargantini é consultora para empresas de alimentação.
Graduada em Nutrição pela Universidade São Judas Tadeu/SP e com MBA’s em Gestão Empresarial e Marketing pela Universidade Paulista – UNIP. Pós-graduada em Gestão da Qualidade e Controle higiênico-sanitário pelo Instituto Racine. Também realizou cursos de Marketing e Gestão de Pessoas na Fundação Getúlio Vargas – FGV.

Sócia-diretora da Conceito Equilíbrio onde atua com Marketing Experimental e na abertura e reestruturação de negócios na área de alimentação e otimização dos resultados ocupacionais. Também atua na área comercial e http://www.conceitoequilibrio.com.br

Por: Por Caroline Gargantini*