LEDs inteligentes ligam indústrias e cidades à Internet das coisas – IQ Intel

A mudança para o uso de lâmpadas mais eficientes inspirou a GE e a Intel a criarem LEDs inteligentes que podem ver, ouvir e perceber seu entorno, gerando dados capazes de melhorar a eficiência e habilitar serviços de cidade inteligente.

Desde que o inventor norte-americano Thomas Edison patenteou a primeira lâmpada comercialmente bem-sucedida em 1879, a população de luminárias explodiu. Atualmente, estima-se que sejam vendidas 2,5 bilhões de lâmpadas por ano.

Apesar de ser uma necessidade da vida moderna e o símbolo das ideias luminosas, muitos pensam que as lâmpadas são capazes apenas de acender, apagar ou diminuir sua intensidade.  Em vez disso, a inovação em iluminação avança a passos largos. As lâmpadas de LED — Diodo emissor de luz –, por exemplo, utilizam um chip semicondutor de estado sólido que brilha intensamente quando a corrente elétrica o atravessa. Elas são brilhantes, utilizam 80% menos energia e podem durar quinze vezes mais do que as lâmpadas incandescentes, segundo a GE

Matéria completa: http://iq.intel.com.br/leds-inteligentes-ligam-industrias-e-cidades-a-internet-das-coisas/