Indra reforça a cibersegurança na gestão do tráfego áereo

São Paulo, 14 de março de 2017 – Minsait, a unidade de negócio da Indra que responde aos desafios da transformação digital, tem se posicionado como empresa especializada na prestação de serviços de Cibersegurança no setor da gestão do tráfego aéreo.

Seus especialistas estão protegendo centros de controle de tráfego aéreo de vários países. O trabalho de monitoramento de ameaças que realizam lhes permite, além disso, detectar vulnerabilidades nos sistemas destes centros de forma antecipada, reduzindo a probabilidade de que sofram ataques, e estabelecendo os planos de proteção, mitigação e correção se necessários.

Por outro lado, a Indra incorporou a Cibersegurança como um fator chave que acompanha o desenho, desenvolvimento, implantação, entrada em serviço e operação dos sistemas de gestão de tráfego aéreo. A unidade de transformação digital da Indra, Minsait, acompanha o trabalho da Indra como empresa líder no desenvolvimento de sistemas de Gestão de Tráfego Aéreo com projetos em 160 países.

A Minsait realizou provas de penetração (pentest), simulando ciberataques a sistemas de tráfego aéreo de última geração, monitorando-os desde seu centro de cibersegurança i-CSOC de movo a verificar a segurança destas tecnologias. A Minsait garante, assim, que os sistemas são seguros antes que sejam implantados em centros de controle de tráfego aéreo e aeroportos.

Além disso, essa unidade equipou diferentes sistemas de gestão de tráfego aéreo com suas tecnologias de cibersegurança, incorporando, por exemplo, soluções de identificação baseados em biometria que agregam um nível adicional de segurança no controle de acesso de terceiros aos sistemas. Também implantou soluções de segurança de rede em centros de controle de tráfego aéreo de diversos países.

A Minsait dispõe de uma rede global de centros avançados de Cibersegurança (i-CSOC) preparada para prestar serviço todos os dias do ano. A Indra protege a partir de suas instalações as infraestruturas críticas em vários setores chave da economia.

HALO, a cibersegurança da Minsait para serviços críticos

A Minsait desenhou um conceito próprio de cibersegurança batizado como Marco HALO, que foi pensado para proteger instalações e serviços críticos, considerados chave para a sociedade. Mediante o conjunto de serviços, HALO propõe uma metodologia própria de trabalho para proteger áreas críticas, como são as de Defesa, Espaço e o Transporte e Tráfego.

HALO engloba os serviços da Minsait agrupando-os em quatro fases: Persitent Assessment, onde são analisadas as ameaças dos sistemas de tráfego aéreo e identificadas todas as vulnerabilidades; Protection, onde se desenvolvem as soluções de cibersegurança que reduzirão as superfícies de ataque; Tracking & Deception, a partir de onde será realizada a operação; administração e acompanhamento dos sistemas; e por último Response com uma equipe de especialistas em Cibersegurança que atuará no caso que uma ameaça chegue a se materializar.

Cibertreinamento

Além de se concentrar na proteção dos sistemas, a Minsait contempla a conscientização e formação em segurança digital como uma medida imprescindível de proteção. Para isso desenvolveu a solução Minsait Cyber Range de capacitação integral em Cibersegurança com a qual oferece formação e treinamento de equipes dos próprios fornecedores de serviços de navegação.

Minsait Cyber Range permite replicar em um ambiente real os sistemas e redes da própria organização, para e seguida gerar ataques reais de forma segura, colocando os especialistas em cibersegurança da empresa perante o desafio de detectar e neutralizar estes ataques no mesmo ambiente no qual desenvolvem diariamente seu trabalho.

O número de ciberataques registrada anualmente está crescendo exponencialmente em todo o mundo. Hoje, grande parte das empresas e organizações já sofreu incidentes de cibersegurança em algum momento – este aumento é especialmente relevante em infraestruturas críticas. A maior parte destas empresas demora uma média de 200 dias para detectar estes ataques, tempo ao qual se somam os 40 dias que em média necessitam para neutralizar a ameaça. Tudo isso se materializa em perdas milionárias, que chegam a serem estimadas em 400.000 milhões de dólares em todo o mundo. Além de afetar diretamente a conta de resultados da empresa, estas falhas em segurança afetam a confiança dos clientes, impactando no prestígio da empresa e prejudicam a relação com fornecedores. Para enfrentar essa situação, a Minsait responde com uma metodologia 360º que combina prevenção, detecção e resposta perante ciberataques.

Sobre a Minsait

Minsait é a unidade de negócio da Indra que responde aos desafios que supõe a transformação digital para empresas e instituições, por meio da oferta de resultados imediatos e tangíveis. A Indra agrupou na Minsait sua carteira de soluções de tecnologia e consultoria no negócio digital, que a converteram em uma das empresas líderes deste mercado na Espanha. Foi impulsionada com uma metodologia diferenciada, uma ampla carteira de soluções de negócio, um modelo próprio e diferente de venda, entrega e suporte orientado à geração de impacto, e uma organização flexível baseada em equipes multidisciplinares, formadas por especialistas de perfis muito concretos. Minsait completa a oferta das demais verticais de alto valor da Indra, favorecendo sua orientação aos negócios chave de seus clientes, e com isso será o motor para acelerar o crescimento da Indra.

Sobre a Indra

A Indra é uma das principais empresas globais de consultoria e tecnologia e o parceiro tecnológico para as operações-chave dos negócios de seus clientes em todo o mundo. Desenvolve uma oferta integral de soluções próprias e serviços avançados de alto valor agregado em tecnologia, a qual soma uma cultura única de confiança, flexibilidade e adaptação às necessidades de seus clientes. A Indra é líder mundial no desenvolvimento de soluções tecnológicas integrais em áreas como Defesa e Segurança, Transporte e Tráfego, Energia e Indústria, Telecomunicações e Mídia, Serviços Financeiros e Administração Pública e Saúde. Por meio de sua unidade Minsait, responde aos desafios que supõe a transformação digital. No exercício de 2016 registrou receitas de 2.709 milhões de euros, 34.000 profissionais, presença local em 46 países e operações comerciais em mais de 140.