De jogadora de games em cibercafés a atleta profissional de eSport – IQ Intel

A carreira proeminente de Christine “Potter” Chi, fera no jogo Counter-Strike, demonstra até onde os eSports (esportes eletrônicos) chegaram desde seu início modesto.

Depois da igreja no domingo, Christine “Potter” Chi, treze anos de idade, acompanhava seu irmão e seus amigos até um torneio amador de Counter-Strike no cibercafé Mug and Mouse em Dallas, Texas. Enquanto tomavam chá de bolhas de Taiwan, Potter e suas amigas observavam com relutância as equipes enfrentarem-se colocando em risco apenas seu orgulho…

Matéria completa: http://iq.intel.com.br/de-jogadora-de-games-em-cibercafes-a-atleta-profissional-de-esport/