5 tendências do marketing digital em 2018

Qual o caminho do marketing digital em 2018? Venha conhecer algumas das tendências que considero mais importantes nesse ano para seu negócio.

Junto com as expectativas para o marketing em 2018, vão crescendo os estudos das tendências que irão se destacar nesse novo ano dentro das ações do marketing digital. É gratificante pensar que acompanhei algumas das maiores mudanças dentro do marketing, desde quando a internet não tinha credibilidade nenhuma, até o momento em que praticamente tudo depende dela.

Os últimos 15 à 20 anos só nos provaram o quanto a tecnologia integrada à ações estratégicas de marketing trazem resultados incríveis, desde o crescimento orgânico em buscas até o aumento exponencial em vendas.

Junto ao marketing, as tecnologias emergentes trazem insights valiosos que vão se acumulando com o passar dos anos para testarmos ainda mais possibilidades daqui para frente. Baseado na minha experiência como consultor e especialista nessa área, você vê aqui 5 das tendências que acredito serem as mais importantes para o seu negócio em 2018.

Big data e pensamento analítico

Não é por ter sido um conceito que ficou famoso nos últimos anos que a Big Data está no topo da minha lista. É simplesmente porque não existe marketing digital sem a utilização de dados e do pensamento analítico para tirar insights sobre eles.

A big data pode ser um termo nebuloso, mas quando destrinchamos seu significado, ela mostra o real valor do marketing como uma técnica específica de coleta, análise e qualificação de dados para entender qual é seu público e qual é a reação dele ao interagir com seus serviços ou produtos.

Marketing de conteúdo

Não é surpresa que o marketing de conteúdo está entre os primeiros da lista, tendo sido um dos termos mais utilizados nos últimos três anos ao tratar de marketing digital. Essa estratégia funciona como gasolina para dar forças à comunicação digital e aumentar seu alcance dentro das plataformas.

O erro que vimos nos últimos anos e que continua se repetindo, entretanto, é a falta de determinação de um objetivo específico para o conteúdo e de trabalhar estrategicamente para alcançá-lo. Você quer conseguir mais visitas para seu site a partir do conteúdo? Insira links condizentes nos textos que levem os usuários até lá.

Você quer converter mais pessoas para sua lista de e-mail? Crie conteúdos mais densos e CTA’s atrativos que convençam seu público específico a fornecer dados pessoais. E siga utilizando métricas para entender o que continuar fazendo e o que precisa mudar.

Integração e automação de sistemas com inteligência artificial (AI), machine learning e Internet das coisas (IoT)

Tomando em conta a complexidade atual das atividades de marketing e das possibilidades presentes dentro do meio digital, técnicas como mapear a jornada do usuário para variadas personas tem uma importância fundamental na comunicação e nas experiências do cliente.

Para que isso aconteça, tecnologias emergentes tem se mostrado cada vez mais ativas no sentido de entender e automatizar processos, criando um sistema de comunicação integrado para dar suporte ao cliente no caminho até a compra. Chatbots, mensagens personalizadas, re-targeting, softwares de automação e outras ferramentas ainda por serem desenvolvidas são o caminho para um marketing digital otimizado nos próximos anos.

Para aumentar a relevância e o alcance da comunicação com os públicos certos, existem milhares de ferramentas circulando por aí. Mais recentemente, opções de baixo custo com diferentes tipos de soluções disponíveis e personalização constante são as principais formas de agir no marketing digital.
Trabalhar o relacionamento com o cliente a partir de uma atuação consciente nas mídias sociais, utilizar as práticas de SEO no conteúdo e aliar isso à estratégias pagas de PPC, anúncios em ferramentas de busca e AdWords continua sendo a melhor forma de otimizar, segmentar e personalizar experiências para vender mais.

Mobile marketing

Dentre todas as plataformas existentes hoje, não dá para negar que o mobile possui uma curva crescente no uso e na facilidade de gerar novas experiências. Conseguir acessar conteúdos de qualquer lugar, na palma de sua mão, nunca foi tão fácil. Por esse motivo, as estratégias e de marketing digital tem se voltado ao mobile como principal meio de atuação.

Desenvolver aplicativos que utilizam geolocalização e outras tecnologias mobile para se aproximar ainda mais do público será cada vez mais fundamental. Mas de nada adianta ter um aplicativo pesado e de péssima usabilidade para o seu negócio. O segredo está em integrar seus serviços à outros já utilizados e criar interfaces que conversem diretamente com seu público, facilitando o uso e a experiência até a compra.

A palavra do ano de 2017, escolhida pelo escritor e jornalista Sérgio Rodrigues, foi retrocesso. Da política de Donald Trump até a moda dos anos 90 que voltou com tudo, vimos muito do passado trazendo à tona questões importantes para repensarmos para qual caminho estamos levando nossas ações.

Para além das tendências, em 2018 o maior desejo é por um ano de se olhar para frente em todas as esferas, saindo desse looping de décadas, da polarização de ideias, dos discursos de ódio e da estagnação, para chegar em ações novas e mais conscientes.