10 dicas para fazer transmissões ao vivo nas redes sociais

Mesmo que você não seja músico, ator ou apresentador, pode se beneficiar dessa ferramenta para divulgar seu negócio.

É impossível fugir: vídeo é o formato do momento. As pessoas assistem a todo tipo de vídeo em qualquer hora do dia, por meio de seus celulares, computadores ou tablets. A rapidez de se fazer e compartilhar um vídeo curto, como aqueles feitos no Snapchat ou Instagram Stories, vem revolucionando a forma como geramos e consumimos conteúdo.

Agora, a bola da vez são as transmissões ao vivo. Com um smartphone em mãos é possível fazer uma transmissão em tempo real para o seu público, interagir com seguidores, responder perguntas, etc. Ou seja, qualquer um pode entrar no ar a qualquer momento e curtir seus 15 minutos (ou mais) de fama.

As duas ferramentas que mais estão sendo usadas para esse tipo de transmissão atualmente são o Facebook e o Instagram. A vantagem das duas é que você já conta com o público que te segue e eles serão notificados quando você iniciar uma transmissão em tempo real.

É difícil decidir qual é a melhor, vai depender da sua interação em cada uma das redes sociais. Se você se comunica melhor pelo Instagram e tem mais seguidores por lá, essa pode ser uma boa ideia. Entretanto, o vídeo feito no Instagram é efêmero, só quem assiste no momento da transmissão é que consegue acompanhar. Já no Facebook, após a transmissão o vídeo ficará disponível para quem quiser assistir mais tarde ou quem perdeu o começo.

E mesmo se você não é músico, ator ou apresentador, pode se beneficiar dessa ferramenta para divulgar seu negócio. Basta ser criativo e se fazer interessante para o seu público. A seguir, vamos dar algumas ideias de que tipo de conteúdo você pode colocar em uma transmissão ao vivo, principalmente se você tiver uma loja virtual.

1. Contar novidades

Chegou um produto novo esperado pelos seus clientes? Faça uma rápida transmissão para mostrar suas características principais e responder todas as dúvidas dos seus clientes em relação à essa novidade.

Você está com uma super promoção de Páscoa? Conte um pouquinho sobre essa oportunidade em um vídeo ao vivo e tire todas as dúvidas dos seus seguidores para que eles possam comprar com segurança e tranquilidade.

2. Bastidores de eventos do mercado

Se atualizar sobre as tendências do seu mercado é sempre importante para o seu negócio. Eventos e feiras relacionadas ao seu produto são uma ótima forma de conhecer as novidades. Por que não mostrar um pouquinho dos bastidores aos seus clientes quando estiver em um evento como esse? Mostre para eles as novidades do mercado e, quem sabe, entreviste alguém interessante que estiver por lá.

3. Perguntas e respostas

Vídeos ao vivo são sempre uma ótima oportunidade de interagir com seu público em tempo real. Enquanto eles te assistem, podem fazer comentários e perguntas que você responde na hora. Portanto, se surgir um assunto que as pessoas estejam em dúvida sobre a sua loja, como, por exemplo, a utilização de um determinado produto, ou como funcionará uma promoção que você lançou, você pode convidá-los a fazer essas perguntas em um vídeo e assim responder um a um. Isso mostra uma preocupação com a satisfação do cliente.

4. Entrevista com profissionais do seu mercado

Ir até pessoas relevantes do seu mercado, como uma blogueira de moda (caso você trabalhe com moda), por exemplo, e fazer uma transmissão ao vivo entrevistando-a para pegar dicas e tendências é uma ótima forma de usar essa ferramenta. O fato de seus seguidores poderem fazer perguntas a essa pessoa é muito motivador e trará mais curtidas à sua página. É interessante convidar alguém que tenha uma certa relevância entre o seu público.

Como se preparar antes de uma transmissão

Ok, agora que você já sabe sobre o que vai falar quando a luzinha do “ao vivo” se acender, é importante planejar essa transmissão para que ela não fique chata e desorganizada, ok? Então, aí vão algumas dicas para você se preparar:

5. Defina o formato e roteiro

Por mais espontâneo que você queira que sua transmissão pareça, é importante definir algumas coisas antes de começar, como o formato e o roteiro. O formato diz respeito a como o vídeo será executado. É só uma pessoa falando para a câmera? É uma entrevista? As pessoas estarão sentadas ou em pé? Será mais formal ou informal?

Já o roteiro diz respeito ao conteúdo. Quais assuntos vou abordar no meu vídeo? Começo me apresentando e dizendo o tema do vídeo? O que eu vou dizer? O que vou perguntar ao meu entrevistado? Em que momento vou ler e responder as perguntas do público?

É muito importante ter isso definido, nem que seja por meio de tópicos; isso vai te ajudar a não perder o fio da meada no meio da transmissão. E mesmo que as coisas saiam um pouquinho do plano você terá um norte para seguir.

6. Garanta uma boa conexão e áudio e imagens claros

Isso é fundamental. Não é possível fazer uma transmissão ao vivo se a conexão estiver caindo o tempo todo. Então, certifique-se de que você conseguirá manter a transmissão até o final. Sempre que o vídeo travar, você perderá vários espectadores.

Aliás, certifique-se de que as pessoas conseguirão entender o que você está falando e mostrando. Portanto, esteja em um local bem iluminado e silencioso. Caso não seja possível fazer a transmissão em um lugar com pouco barulho, leve um microfone, ou mesmo um fone de ouvido com microfone para captar melhor o áudio e não esqueça de fazer um teste antes para ver se o áudio está bom.

7. Interaja com seus espectadores

Lembre-se que uma das grandes vantagens de se fazer um vídeo ao vivo é poder interagir com os comentários dos espectadores em tempo real. Separe um momento durante a transmissão para ler os comentários, agradecer os feedbacks e responder as dúvidas.

8. Preste atenção no tempo

Tome cuidado para não se alongar demais. Defina previamente quanto tempo sua transmissão terá e tente não passar muito disso. Quando o assunto acabar, simplesmente agradeça e se despeça. Quanto mais objetivo melhor; as pessoas se cansam de enrolação.

9. Divulgue sua transmissão

Não se esqueça de divulgar sua transmissão. Publique no Facebook e em outras mídias dizendo o horário e o assunto da sua aparição ao vivo e convide todos a participarem com perguntas e comentários. E claro, inicie a transmissão no horário combinado.

10. Faça uma boa descrição

Na descrição, deixe bem claro o assunto daquela transmissão para que as pessoas não fujam muito do tema. Além disso, capriche para fazer uma descrição bem atraente! Por exemplo, se você for fazer uma transmissão sobre fantasias de Carnaval, em vez de escrever na descrição apenas “fantasias de Carnaval”, você pode ser mais específico colocando algo como “3 ideias criativas e baratas para se fantasiar no Carnaval!”.

Por:Alejandro VázquezCofundador da Nuvem Shop e diretor de atendimento ao cliente. É apaixonado por ajudar os clientes a ter um negócio de sucesso, adora ler, correr e conhecer novas comidas e lugares.

Via Administradores.com